segunda-feira, 30 de agosto de 2010

"O Cavaleiro" (The Horseman) 2008, de Steven Kastrissios

Os últimos filmes da Austrália que entrei em contato foram os do Greg McLean, Wolfcreek (2005) e Rogue (2007). Ambos têm uma vibe meio xenófoba, algo do tipo, “vão embora daqui seus turistas malditos, antes que eu corte seus dedos fora ou virem alimento para o meu crocodilo gigante!”. Eu devo ter visto poucos filmes australianos na minha vida e provavelmente nem fazia ideía da origem quando os vi pela primeira vez, como Mad Max (1979) e a A Fortaleza (1986). O que há em comum em todos os mencionados: Sempre algum cara escroto está fazendo coisas escrotas com outras pessoas! (menos o Rogue, neste caso é um crocodilo escroto). Mas falo de atitudes extremas mesmo, que ganham mais uma seqüência com este The Horseman. Se depender unicamente dos filmes com as histórias barra pesada que rolam por lá, não vou dar as caras na terra do canguru tão cedo.


"Ele não pode trazer sua filha de volta...mas ele pode mandar seus assassinos pro INFERNO". Bem badass motherfucker, heim?


Não deve existir tantos filmes de vingança quanto os de amor, mas que eles são uma porrada, isso são (normalmente nos dois sentidos). Neste uns caras estupram, drogam, matam e gravam um filme pornô com uma garota maluquete (pode alterar a ordem das ações). O pai da moça, um cristão de 44 anos, resolve amassar, lanhar, estropiar, desconjuntar, barbarizar qualquer indivíduo que tenha algum envolvimento nas gravações do filme que culminou na morte da pequena - dos produtores ao cara que se masturbou achando tudo dugarai véi!

Enquanto ele vai encontrado os rapazes, o máximo que acontece de história é ele tentar forçar uma amizade com uma menina que pede carona e parece quase tão perdida quanto a filha antes de partir. O resto, só a porrada nua e crua, que de exagerada, cansa e por incrível que pareça, deixa umas seqüências bem chatas. No cartaz diz que "Get Carter (O Vingador do Michael Caine) encontra Old Boy (vai ver só porque ele também tem um martelo )"... mas eu diria que “Busca Implacável” encontra “O Albergue”.

Que ele não foi nenhum exemplo de pai exemplar dá para saber desde o início, mas tudo bem, porque em The Horseman todos os câmeras, atores e demais profissionais da pornografia são malfeitores sádicos e assassinos. O pai vingativo enfia um anzol no pênis de um cara desacordado. Quando o caboco acorda e checa a situação em que se encontra, a primeira coisa que fala é: "VOCÊ É UM HOMEM MORTO, CARA!". Dá um tempo! Que espécie de ator pornô é esse? Onde foram parar meus heróis da juventude?!

Um filme aconselhado para quem gosta de porrada seca, porrada molhada, torturas em geral e acredita que a vingança é plena, não mata a alma e nem a envenena.


“Ah, então você é o cara que fazia o café no set de filmagem, é? Beleza, contigo vou usar só as bolas tailandesas!

2 comentários:

link do filme disse...

The Horseman, RMVB, LEGENDADO.

http://uploading.com/files/get/am76mdam

@ericsampaio_ disse...

O pai vingativo enfia um anzol no pênis de um cara desacordado. Quando o caboco acorda e checa a situação em que se encontra, a primeira coisa que fala é: "VOCÊ É UM HOMEM MORTO, CARA!". Dá um tempo! Que espécie de ator pornô é esse? Onde foram parar meus heróis da juventude?!
___________

KKK
Pois não é?Passamos a vida querendo ser como esses caras e eeles agem assim?