sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

# 140 trechos de Filmes no Twitter [31 a 35]

Será que alguém acompanha isso aqui ou usa os trechos como sugestões para qual filme assistir? Sei lá. Mas eu me divirto com essas lembranças. Então vamos lá de novo...

Notas: 1) Coloco no blog 5 trechos por post. 2) Colocarei só trechos de filmes que eu vi. 3) Os filmes não precisam ser bons ou conhecidos. 4) Às vezes o trecho que considero(lembro) é maior que o limite permitido, então, a parte que saiu no twitter vai estar em azul negrito aqui. 5) Os trechos não precisam ser perfeitos. Pode ter variações, por eu ter visto legendado, dublado ou minha memória falhar. Mas que a idéia confira. 6) Tentarei colocar vídeos dos filmes (ou imagem, cartaz) se possível do trecho em questão (o que é difícil), ou trailer, ou outra cena, o que encontrar. 7) Se der, eu explico o motivo da escolha e representatividade do trecho. É isso.

Mais filmes de 31 a 35. Vai...

[31/140] “Dois homens entram. Um homem sai!" [Mad Max 3 - Além da Cúpula do Trovão (1985), de George Miller e George Ogilvie]

No terceiro episódio o universo de Mad Max já estava bem mais espalhafatoso e caótico – vários filmes foram influenciados pela série, que criou as bases de um futuro provável de planeta desértico e abestados das estradas brigando por combustível, água ou putas. Gerou pérolas como Crepúsculo de Aço e Cherry 2000. “Violou, enfrenta a roda!” é outro trecho legal e repetido por mim nas situações mais inesperadas, mas “Dois homem entram, um homem sai” é simplesmente a tradução do que é a Cúpula do Trovão – última palavra no quesito arena de gladiadores. Não podia ficar de fora! Em 1:37...



[32/140] "Está na hora de transformar essa preguiça em músculos!" [Um tira no jardim de infância /Kintergarten Cop (1990), de Ivan Reitman]

Foi o primeiro filme que eu vi o Terminator mostrar seu lado cômico. Ele ainda tentou fazer outras comédias, mas creio que esta seja a melhor, ou única que preste. “Meninos tem pênis, meninas têm vagina” é um trecho mais clássico ainda das crianças do jardim de infância – que hoje devem ser um bando de marmanjos e bonitonas. Com esta frase, tio Arnold mostra que sabe das coisas, senão não teria sido Mister Universo aos 22 anos. Em 0:58.



[33/140] "Será que 15 anos de treinamento imaginário pode ser posto em prática?" [Oldboy (2003), de Park Chan Wook]

Consegui levar meu irmão e papai ao cinema, e convencer outros tantos a ver este grande filme de Park Chan Wook, até então, desconhecido por muitos além Coréia do Sul. Teve um estrondoso sucesso internacional, gerou uma versão indiana e cogita-se um remake americano com Steven Spielberg no meio. Neguinho passa 15 anos preso num quarto, socando as paredes, sem saber quem o sacaneou. A cena do trecho eu não achei. Portanto, já sabe o que sempre coloco no lugar... porrada, lógico. Mas o take dessa é uma beleza e vale a pena! Lembra muito Dragon Ninja, antigo clássico dos fliperamas!



[34/140] "Você não vai me matar por algum senso de moralismo inadequado. E eu não vou te matar porque você é muito divertido! Eu acho que nós dois vamos fazer isto para sempre" [Batman - The Dark Knight (2008), de Christopher Nolan]

O segundo filme do Batman com selo Chistopher Nolan de qualidade é melhor que o primeiro, o que gera um certo medo quanto à cagada que pode acontecer no terceiro, vide o histórico das trilogias de herói: homem aranha, x-men, superman (o antigo). Você ainda tem dúvidas de que se eu destacasse um trecho do filme, ele seria atribuído ao Coringa? Aliás, tem vários como “Sou um cara de gostos simples. Eu gosto de dinamite, pólvora e gasolina. Sabe o que essas três coisas têm em comum? São baratas.” Mas escolho este pela risada que me escapou no meio do cinema com esta explicação do vilão. Video bloqueado, então clique em nosso oscar póstumo e veja a cena, em 0:24.


[35/140] " - Eu amei o meu filho desde o momento em que ele abriu os olhos...até o momento em que você os fechou. Deixe-me lavar o seu corpo. Deixe-me fazer as orações. Deixe-me colocar as duas moedas em seus olhos, para o barqueiro... / - Se eu deixar você ir embora daqui, se eu deixar você levá-lo...isso não vai mudar nada! Você ainda será meu inimigo ao amanhecer! / - E você é meu inimigo ainda esta noite. Mas até entre inimigos pode haver respeito..." [Tróia (2004), de Wolfgang Petersen]

Tróia quis oferecer mil maneiras de legitimar que Aquiles era fodão. São noites de ménage a trois com as mais belas garotas e batalhas contra cabôcos de três vezes o seu tamanho – em qualquer ordem. Até a desconfiança de pederastia com seu primo é levada pelo vento quando Brad Pitt entra em ação e é o herói das multidões. Mas no final das contas, coube a Príamo, o rei de Tróia, gravar na minha memória o que eu já sabia, “até entre inimigos pode haver respeito”, garoto! Então, pelo menos...tente não fazer alguma merda com seus próprios amigos. Não há sensação mais escrota e decepcionante. Os reis são sábios em 2:52.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009