segunda-feira, 29 de março de 2010

dois mil e oito

Se tem um ano que foi bom pra caramba, foi este do título. Depois de um período estranho, em 2008 as coisas tiveram consideráveis mudanças. Foi o ano que comecei a ser pago para exercer alguma atividade que não quero – pessoas também chamam isso de “trabalho”. Incrivelmente, o próprio trabalho da época, os meus amigos (que se tornaram mais presentes) e experiências no campo amoroso/sexual me ajudaram a conhecer um pouco mais deste mundo, que para mim, já está perdido...e há muito tempo. Resumindo, aquele foi um ano ótimo! E como bom ser humano que sou, para não dizerem que não reclamei de nada, deixo o meu registro abaixo. Uma tira criada no início de 2009, portanto, o “ano passado” se refere a 2008.

2 comentários:

Tanto disse...

Só quatro?

Nega disse...

hUAHuahUHAUhauHAHahUAHuhau

TADINHO.